segunda-feira, 21 de maio de 2018

Quiche de legumes com atum


Num destes dias, sem saber o que haveria de fazer para o jantar, "tropecei" numas nabiças e nuns espinafres esquecidos no frigorífico.

Refoguei-os, e numa massa folhada de compra, juntei os legumes, ovos batidos, 1 lata de atum e 1 iogurte natural como substituto das matas.

Levei ao forno até dourar.

Estava maravilhoso e é uma forma de aproveitar qualquer legume e restos de carne ou peixe.

Bom apetite.

Ana

terça-feira, 15 de maio de 2018

Dia da Família





Hoje que se comemora o dia da família, aproveito para publicar estas fotografias da máquina de costura que herdei da minha avó Maria.

Eu sou muito ligada à família e às minhas recordações.

Claro que o dia da Família é todos os dias, e por isso o que eu sou, a minha casa, os meus ideais, espelham a minha família.

A máquina estava na minha cave a aguardar um cantinho especial.

Agora já faz parte integrante do nosso lar, e é uma recordação "viva" da minha avó.

Beijos

Ana


segunda-feira, 14 de maio de 2018

Nome de rua


Geralmente as nomes das ruas do nosso Portugal, são nomes de artistas, políticos, religiosos e de flores.

Numa das minhas caminhadas deparei-me com um nome rua, cuja a sra em causa fora doméstica.

O meu espanto foi total, não de uma forma depreciativa, mas de grande agrado.


O nosso Portugal e muito especial, não acham?

Ana

domingo, 13 de maio de 2018

Dia de espiga


Esta quinta feira foi dia de espiga, ou seja, quinta feira de Ascensão.

É um dia que me recorda o passado. Em miúda ia para o campo apanhar a espiga com a minha avó Vitória.

Todos os anos, neste dia compro sempre o molho de espiga para mim, para a minha mãe, para a minha sogra e para as minhas avós enquanto estiveram vivas.

Todos os anos guardo o molho de espiga juntamente com uma carcaça, que se mantém sem bolor até ao ano que vem.

Velhas tradições quem fazem parte de nós.

Beijos

Ana

terça-feira, 8 de maio de 2018

Um boneco de embalagens




As provas de aferição (aflição) estão em força, e cá em casa tenho um menino que vai fazer as ditas provas do 8. ano e uma menina que fará as do 2. ano.

São muitas aflições juntas.

Como treino, a professora da minha filha, pediu que fizéssemos um boneco de embalagens.

Devo confessar que fiquei aflita, mas depois de vários momentos de reflexão, lá pusemos as mãos à obra.

Com embalagens de pastilhas e um pouco de corda, nasceu o Pastilhas.

Um boneco de sucesso entre a garotada.

Um beijo grande.

Ana

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Retomar a reciclagem




O nosso velho ecoponto voltou a ganhar vida, com uma boa limpeza está como novo.

Por causa dos adultos cá de casa, os miúdos já não sabiam fazer a separação do lixo.



Apesar de morar numa freguesia de Sesimbra, uma vila que vive do turismo, durante 17 anos não tive ligação ao esgoto. No primeiro ano não tinha contentor do lixo, mas na rua paralela havia 2, à noite, eu e o meu marido íamos "roubar" um contentor para a nossa rua.
De manhã, o camião do lixo repunha tudo no sítio, à noite voltamos a atacar.

Nestes anos todos, o varredor de rua apenas foi visto uma vez, acredito que seja uma espécie em vias de extinção.

Para chegar ao ecoponto mais próximo temos de ir de carro.

Mas como o futuro não é nosso, mas será dos nossos miúdos, deixá-mos as rabugices de parte e já reciclamos.


Até o cão já aprendeu.

E por aí, recicla-se?

Beijos

Ana


terça-feira, 1 de maio de 2018

Legumes à Bráz



Como vocês já sabem, cá em casa às refeições são pensadas e elaboradas conforme o cabaz do peixe e dos legumes.

Um destes dias já tinha acumulado 3 alhos franceses e umas quantas cenouras e decidi fazer legumes à Bráz.

Num tacho colocar 1 cebola grande cortada aos cubinhos, juntar 6 cenouras raladas, ou  com o descacador de batata, ripar a cenoura e 3 alhos franceses cortados ás rodelas, juntar azeite e deixar a estufar.

Já fiz com as cenouras às rodelas, mas não cozinha ao mesmo tempo do alho francês, já fiz com o alho francês cortado na horizontal mas não fica agradável no prato e atenção à terra que traz, é preciso lavar muito bem.

Quando os legumes estiverem cozinhados, juntar batata frita palha e 4 ovos batidos.
Envolver bem, desligar o lume e deixar acentar.

Se tiverem claras congeladas que tenham sobrado de outra receita, podem utilizar substituindo os ovos, também fica muito bom.

Sirvam com salsa ou coentros e azeitonas a gosto.

É um verdadeiro petisco.

Bom apetite.

Ana

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Um novo estilo de vida


Decerto que já deram pela minha ausência.
Vou contar um segredo, eu aproveitava os "dias" de natação da Vitória para publicar os meus posts.

No entanto, os dias são maiores, a chuva está a ir embora, o meu stress e o meu peso andam de mão dada a aumentar de tamanho. Por isso decidi começar a caminhar, ganhar um novo ritmo de vida.

Nestes dias desafio o marido e o filho, para além da companhia, não me deixam desistir.

Num destes dias, fizemos um circuito que nos permitiu visitar as pegadas dos dinossauros.



Foi muito interessante e tornou a caminhada ainda mais interessante.

Se quiserem visitar, basta ir ao Zambujal, não tem como enganar.

Vou continuar a caminhar, estou a ficar viciada.

Beijos

Ana

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Vamos Reciclar?


O ATL da Vitória é muito virado para a reciclagem e reutilização.

Nos 13 anos de relação que tenho com a instituição, nunca dei dinheiro para material, nunca tive que levar material, apenas contribuia com "lixo" que pudesse ganhar nova vida.

Felizmente sempre lidei com educadoras e auxiliares, que tinham uma enorme capacidade para aceitar as minhas ideias recicladas.

Todas as ofertas que os meus filhos fizeram, sempre foram de material reciclado.

Para aumentar o conceito da reciclagem, a instituição tem ecoponto para a utilização diária dos utentes, recolha de papel para ajudar o Banco Alimentar, recolha de medicamentos fora de prazo (uma ação levada a cabo pelos escuteiros), recolha de tinteiros, tampas, rolhas de cortiça e escovas de dentes e por vezes fazem acções de recolha de pequenos eletrodomésticos.

A recolha é feita para ajudar outras instituições ou até mesmo para concorrerem a concursos de reciclagem, usufruindo de prémios para os meninos da instituição.


Hoje a Vitória levou pilhas e escovas de dentes para encher a barriguinha dos bonequinhos da reciclagem.

Afinal, é de pequenino que se recicla o destino.

Beijos

Ana

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Pataniscas no forno


À sexta feira só decido o que será o jantar, mediante o cabaz do peixe ou mediante as sobras no frigorífico.

Nesta semana, nem havia sobras, nem houve cabaz do peixe devido ao mau tempo.

Apetecia-me um petisco para finalizar a semana, que fora comprida e cansativa.

Fiz um caldo verde na Bimby (estava delicioso) e uma bela salada de alface.

Faltava o prato principal.
Num tabuleiro antiaderente, coloquei salsichas cortadas em pequenos pedaços em metade do tabuleiro, noutra metade coloquei atum e juntei coentros picados.


Juntei ovos batidos com sal e pimenta e levei ao forno até alourar.



Não podemos encher muito as forminhas, pois o ovo batido cresce muito no forno.



Umas pataniscas muito saborosas e sem gordura, que dá para aproveitar sobras de carne, peixe, legumes e até arroz.

Bom apetite


quarta-feira, 11 de abril de 2018

Rotundas de Portugal VIII


Caso não tenham reparado, eu fico fascinada com faróis, moinhos e rotundas.

Na escapadela do Carnaval, passei por Samora Correia e encontrei estas 3 maravilhas.








Cada um com a sua maluquice.

Beijos


Ana

terça-feira, 10 de abril de 2018

"Novos" lápis de cera



Com o começo de novo período escolar, tive de comprar novos lápis de cera e de cor.

Com pena de os deitar fora, convidei a Vitória para os reciclar.

Partiu bocados de lápis de cera para dentro de uma forma de silicone e depois colocamos no forno até estarem derretidos.


Hoje de manhã, a Vitória tinha lápis de cera com novos formatos e cores.

Uma ideia gira para os miúdos entrarem no mundo da reciclagem.

É por aí, o que fazem aos lápis de cera?

Beijos

Ana

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Para começar bem o dia




Para começar bem o dia e a semana, nada melhor do que um pequeno almoço de panquecas com compota e sumo de laranja.

Uma dose extra de energia para o corpo e para a mente.

Boa semana.

Beijos

Ana

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Crumble de maçã



Num destes dias enquanto fazia o jantar deitei o olho à fruteira e reparei que tinha muitas maçãs e a estragarem-se.

Decidi fazer uma sobremesa para o jantar e assim juntei o útil ao agradável.

Na misturadora ou na Bimby, juntar 200 gr de farinha, 100 gr de margarina e 100 gr de açúcar e misturar tudo. Reservar.

Novamente na misturadora colocar 6 a 8 maçãs descascadas e aos quartos, com o sumo de 1 limão e triturar.

Num pirex, colocar as maçãs trituradas e cobrir com o preparado inicial.

Levar ao forno a 200 graus até estar douradinho.

Servir quente, morno ou frio. É delicioso de qualquer maneira.

Mais uma forma de reciclar fruta.

Bom apetite.

Ana.

quinta-feira, 5 de abril de 2018

Ao estilo de Bordallo Pinheiro




A vida continua e a melhor forma de fazer o luto e ficar com memórias de quem mais gostamos, é cuidar e tratar todos os assuntos pendentes por resolver.

E foi isso que foi feito. Pouco depois do falecimento da minha avó Maria conhecida por avó Botas, tivemos de vazar a casa para entregar ao senhorio.

Num dia de férias, demos volta a tudo e conseguimos encontrar verdadeiros tesouros.

Exemplo disso foi esta azeitoneira que parece mesmo um artigo de Bordallo Pinheiro.

Verdadeira ou não, eu adoro a minha azeitoneira.

Um dia terei uma mesa posta com "folhas de couve", "tomates" e "ratos".

E vocês, gostam destes artigos?

Beijos

Ana

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Casa de bonecas










                   


Quando a minha Vitória era pequenina, comecei a fazer uma coleção com várias peças de uma casa de bonecas.

Guardei por montar até ela fazer 7 anos de idade.
No dia a seguir ao aniversário, começamos a montar todas as peças.

A casa das bonecas está montada em cima da comoda, por forma a estar acessível para a brincadeira.

Acho que me diverti tanto como a minha filhota a montar, e é um adorno lindo que faz parte dos nossos sonhos de infância.

Lembro-me de ser miúda e de desenhar casas com as suas divisões, recortar e colar pequenos aderessos decorativos

É por aí, há alguma casa de bonecas?

Beijos

Ana

terça-feira, 3 de abril de 2018

Bolo de laranja no liquidificador (ou na Bimby)




O bolo de aniversário do meu marido foi um bolo de laranja com recheio de creme pasteleiro.

Um bolo que fiz na Bimby, mas que se pode fazer no liquidificador.

Um bolo onde se junta todos os ingredientes e carrega-se no botão, parece simples demais? E é extremamente simples.

Na Bimby ou no liquidificador, juntar 4 ovos, 3 colheres de margarina líquida, a casca bem fininha de 1 laranja sem a parte branca, 1 caneca de sumo de laranja e 2 canecas de açúcar.
Ligar o liquidificador ou a Bimby na velocidade 4 até estar tudo misturado.
Juntar 2 canecas de farinha e voltar a misturar.
Por fim adicionar 1 colher de sopa de fermento e voltar a misturar.
Numa forma (com ou sem buraco) untada levar ao forno a 180 graus.

O creme de pasteleiro é um creme instantâneo do Aldi, que se faz com água gelada e que fica muito apetitoso.


Simples, rápido e extremamente guloso.

Beijos

Ana

segunda-feira, 2 de abril de 2018

55 anos


Ontem não foi só um Domingo de Páscoa, nem foi só também um Domingo de tarefas familiares, foi o aniversário do amor da minha vida, o meu maridão completou 55 aninhos.

Como não liga a bolo de chocolate e prefere bolos frescos de fruta, fiz um bolo de laranja com recheio e cobertura de creme de pasteleiro.


Estava muito bom.

Parabéns amor.

Ana

sábado, 31 de março de 2018